Diminuem os casos de vírus zika e dengue no Amazonas até setembro deste ano – EBC

Os casos de vírus zika no Amazonas reduziram 74% entre janeiro e setembro de 2019. O número de notificações caiu de 443 para 112 no período. A dengue também apresentou redução, 21%. Foram 3.372 casos da doença nos primeiros oito meses do ano contra 4.271 em 2018.

 

Apenas a febre Chikungunya registrou aumento de 15%, passando de 166 para 192 no período.

 

Os dados são da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS). A chefe do Departamento de Vigilância Ambiental em exercício da instituição, Myrna Barata, destaca que a estratégia de combate ao mosquito Aedes agypti, adotada em conjunto com a população, tem contribuído para a redução dessas doenças.

 

E para evitar que as doenças voltem a aumentar, a FVS enviou, nesta segunda-feira, uma força-tarefa para o município de Tabatinga, que faz fronteira com Letícia, cidade colombiana que já registra 600 casos de dengue este ano. Do lado brasileiro, dos 34 casos suspeitos, 12 já foram confirmados. Myrna Barata fala sobre a importância do reforço na região.

 

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas alerta que em breve vai começar a época chuvosa no estado, que vai de novembro a abril. Cerca de 80% dos casos das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti ocorrem nesse período. Por isso, a população deve intensificar os cuidados, principalmente evitar o acúmulo de água parada.

Be First to Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.