Sobe para 120 o número de mortes por gripe no Paraná – CBN

gripe-mortes-vacinacao
< img width=" 696" height

= “464” class=”entry-thumb” src=”https://static.cbncuritiba.com/cbn/wp-content/uploads/2019/10/gripe-mortes-vacinacao-696×464.jpg” srcset=”https://static.cbncuritiba.com/cbn/wp-content/uploads/2019/10/gripe-mortes-vacinacao-696×385.jpg 696w, https://static.cbncuritiba.com/cbn/wp-content/uploads/2019/10/gripe-mortes-vacinacao-300×200.jpg 300w, https://static.cbncuritiba.com/cbn/wp-content/uploads/2019/10/gripe-mortes-vacinacao-768×512.jpg 768w, https://static.cbncuritiba.com/cbn/wp-content/uploads/2019/10/gripe-mortes-vacinacao-630×420.jpg 630w, https://static.cbncuritiba.com/cbn/wp-content/uploads/2019/10/gripe-mortes-vacinacao.jpg 800w” sizes =”( max-width: 696px) 100vw, 696px” alt=”gripe-mortes-vacinacao” title =”” > Foto: Arquivo ANPr< figure id

De acordo com o chefe da Divisão de Vigilância de.
Doenças Transmissíveis, Renato Lopes, os dados revelam que mesmo com o fim do.
inverno e das baixas temperaturas o vírus da gripe continua circulando no.
Estado.

De acordo com o boletim epidemiológico da Sesa, a.
maioria dos óbitos aconteceu com pessoas na faixa etária acima dos 60 anos,.
seguido das pessoas entre 50 e 59 anos.

Lopes também reforça a atenção aos sintomas e os.
cuidados para prevenir a gripe.

Nesta semana, mais três pessoas morreram, todas com.
idade acima dos 50 anos, sendo uma mulher de 73 anos residente do município de.
Cornélio Procópio; um homem de 54 anos morador de Santa Terezinha de Itaipu e.
um homem de 55 anos de Curitiba.

= “attachment_130176″ aria-describedby=”caption-attachment-130176″ class=”wp-caption aligncenter” >

Terrazza Panorâmico Subiu para 120 o número de mortes por causa da gripe
no Paraná, em 2019. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (16) pela
Secretaria Estadual da Saúde (Sesa). Além disso, passaram de 614 para 623 os
casos confirmados da doença.

Os sintomas da gripe são febre alta, acima de 38ºC,.
e com início repentino; além de tosse persistente; inflamação na garganta;.
sensação de cansaço; calafrios; dores musculares intensas e principalmente a.
dificuldade para respirar. A partir do início desses sinais, o quadro pode.
evoluir rapidamente para uma pneumonia ou outras infecções.

Repórter William Bittar

Be First to Comment

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *

    This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.